Bitcoins para iniciantes: um guia para entender a febre do momento

O que é o Bitcoin?

É uma tecnologia que busca desenvolver uma moeda inteiramente digital. Como plataforma, é basicamente uma rede de computadores conectados através da internet que permite realizar transações seguras de informações entre quaisquer pontos sem que intermediários, como empresas ou bancos, sejam necessários. Esse também é o conceito de conexão peer-to-peer, ou P2P, que une um ponto a outro sem passar por um servidor central.

O que é o Blockchain?

É uma espécie de livro contábil que registra todas as transações ocorridas na rede bitcoin. Nele são registrados todos os movimentos de bitcoins já gerados, desde o surgimento da moeda, sempre registrando de onde saíram os valores e para onde eles foram. É um registro público e que está em constante desenvolvimento, em ordem cronológica, sendo adicionadas a ele todas as transações que são confirmadas. Qualquer pessoa pode ter acesso, basta entrar no site. Apesar de registrar os detalhes de todas as transações feitas no mundo, o blockchain registra apenas a chave pública das carteiras emissoras e recebedoras, não dispondo de nenhum dado que identifique as pessoas ou empresas envolvidas na operação.

Características do Bitcoin como plataforma

  1. Sistema distribuído: Não existe centralização do controle da moeda, mas sim uma comunidade formada pelos próprios usuários da criptomoeda que a regula fornecendo o suporte e o desenvolvimento necessários ao seu pleno funcionamento. Ao longo da história, nós sempre recorremos a controles centralizados das nossas posses, como bancos e governos. A ideia de romper com um controle centralizado vem da necessidade de evitar algumas das desvantagens que esse modelo cria, como a insegurança que bancos podem apresentar, as taxas cobradas pelo armazenamento ou transmissão de quantias, ou a exclusão de alguns indivíduos que desejam investir e não recebem acesso ao crédito por não satisfazerem as exigências dos bancos.
  2. Velocidade: Quando você recebe um pagamento na sua conta corrente em um banco de um dinheiro que tem origem em outra conta corrente de outro banco, os valores chegam a demorar até 72 horas para ficarem disponíveis na sua conta. Com as transações em bitcoins, a transferência de valores é tão imediata quanto a internet permite ser.
  3. Custo mínimo: Enquanto as taxas para fazer um DOC ou TED entre diferentes contas chega a ultrapassar os R$ 15, as transações em bitcoins geram taxas muito pequenas, comparativamente.
  4. Disponibilidade: É possível fazer transações 24 horas por dia, sete dias por semana, em qualquer lugar do mundo, desde que esteja conectado à internet, sem necessidade de ir a uma agência.
  5. Transações irreversíveis: Não é possível fazer estornos dos valores uma vez que eles forem transmitidos.
  6. Facilidade em transações internacionais: Para pessoas que fazem transferências de valores para fora do país com frequência, como no caso de quem tem família em outras nações, o uso do bitcoin permite evitar as taxas abusivas que serviços de envio internacional de valores cobram, como o Western Union.

Deixe uma resposta